Parar para mobilizar

Ontem os taxistas protestaram contra um tal aplicativo Uber que, de maneira duvidosa e "livre", estabelece contato pelos smartphones entre motoristas e passageiros. É ao mesmo tempo uma elitização e uma liberalização, porque carros particulares podem participar. Além do mais, tecnologia demais na chamada mobilidade urbana soa como a esmola excessiva para um santo...

Pelo menos, na manhã de ontem, pessoas puderam parar para mobilizar. Por algumas horas vimos que os cariocas não aceitam as coisas que vêm "de cima", como uma "novidade tecnológica"...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rádio que pensa ser roqueira "consola" órfãos da Kiss FM por TEMPO LIMITADO

A hipocrisia de Gisele Bundchen

Rafael Picciani junto a Eduardo Cunha e Aécio Neves