Ônibus do Intersul enguiçados e acidentados. "Não" se preocupe, eles continuarão após outubro

 Os transtornos do decadente sistema de ônibus do Rio de Janeiro continuam e prometem continuar após outubro, quando o subsecretário Alexandre Sansão, o "Eduardo Cunha da mobilidade urbana" (não, não estamos falando de um respeitável busólogo com esse nome, mas do prepotente e arrogante presidente da Câmara dos Deputados), fará uma "limpa" nas linhas da Zona Sul.

E dois dos três acidentes nas últimas horas, entre a noite de ontem e a manhã de hoje, envolvem ônibus do consórcio Intersul, a ser afetado pelo esquartejamento de trajetos do "sapiente" tecnocrata que vê a realidade das ruas do Rio de Janeiro através de joguinhos do TheSims.

Um dos acidentes ocorreu na Av. Dom Hélder Câmara, no bairro de Benfica. Um ônibus da Braso Lisboa bateu em um carro, na noite de ontem e feriu três pessoas. Uma moça de 21 anos chegou a ser arremessada para fora do veículo. Os três foram internados e até o momento seus estados de saúde não foram divulgados. O acidente causou congestionamento no lugar.

Já na Av. Nossa Senora de Copacabana, um ônibus da Real Auto Ônibus que começava a fazer seu trajeto de volta para o Centro do Rio enguiçou no meio da pista, obrigando os passageiros que nele estavam a saírem e atravessarem a rua, com o próprio motorista fazendo sinalização para o tráfego.

Observa-se que o trânsito estava tranquilo na ocasião, o que não costuma acontecer na tumultuada Av. Pres. Vargas. Se a linha tivesse como destino não a Zona Sul mas a Candelária, ele teria enguiçado diante de um trânsito mais problemático.

Fazer o quê! Alexandre Sansão vê a realidade de dentro de seu escritório e através de programas de computador!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Insensibilidade do carioca tem a ver com o consumismo

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca