Quiseram comemorar a vitória antes...

O fanatismo no futebol brasileiro tem dessas coisas. Apesar de não ter vencido nas últimas cinco partidas, o Clube de Regatas Flamengo parecia ontem um vitorioso time em final de campeonato.

Flamenguistas se espalhavam pelas ruas com a camisa do time - por enquanto o PMDB carioca não ordenou a padronização visual no futebol, botando todos os times com uma mesma camisa - e pareciam felizes por achar que o time venceria o Santos Futebol Clube de goleada na partida no Maracanã.

Muita gente comprou ingressos, e o clássico interestadual parecia pender sempre para o time carioca. E os cariocas, que se contentam com pouco, acham que uma vitória de um time representaria a salvação final de suas vidas. E ainda não estamos nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Só que aí o sonho dos cariocas deslumbrados ruiu e o Flamengo, que começou vencendo, cedeu para um empate. Isso é uma lição para o pessoal "bovino" do Rio de Janeiro que acha que futebol é tudo na vida. Não é. 

Futebol é somente um lazer, uma diversão, nada de questão de vida ou morte, patriotismo, messianismo ou coisa parecida. Times vencem, empatam ou perdem porque é a regra do jogo. Só isso. Mas dizer essa realidade para um carioca é mexer com onça usando vara curta. Infelizmente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Prisão de Cunha é etapa de um jogo político