Rádio Cidade não decide se Smash Mouth é "clássico", "alternativo" ou "novidade"

A Rádio Cidade é uma rádio muito esquisita. Surgiu como emissora pop das mais bem-sucedidas, cobriu a disco music no auge do sucesso deste gênero e, de uns 20 anos para cá, faz beicinho e acha que pode ser "rádio de rock" sem entender bulhufas do gênero.

Pois essa rádio, que soa como uma espécie de Rádio Disney à beira de um ataque de nervos, tem suas "pérolas", já que ela é tão "especializada" em rock'n'roll quanto o Tiririca é em física nuclear.

Hoje de manhã, a Rádio Cidade dava seu perfil do Smash Mouth dando-lhe o tratamento de uma "grande novidade". Aliás, essa bandinha de poppy punk, que os brasileiros pensam ser mais representativa para o rock do que realmente é (ou melhor, não é) é tratada de uma forma um tanto confusa pela mídia dita "roqueira".

Ás vezes, o Smash Mouth é tratada como um "clássico do rock". Claro, as "rádios rock" - ou melhor, as "Rádio Disney à beira de um ataque de nervos" - têm uma séria preguiça de tocar clássicos do rock. Aliás, preguiça, não. Ignorância. Ora, rádios como essas, tão "especializadas" em rock quanto o Ronaldo Esper é em engenharia espacial, nem sabem direito o que são clássicos do rock. Devem ser aqueles hits que rolavam no seriado Malhação (Rede Globo) há uns dez anos.

Mas em outras vezes o Smash Mouth é tratado como se fosse "alternativo". Claro, o Brasil dificilmente a cultura alternativa tem vez, já que aqui até Bruno & Marrone, Psirico, É O Tchan e Valesca Popozuda são "alternativos". Pouco importa se o Smash Mouth, no seu Estado de origem - a Califórnia - , tem a projeção de um Luan Santana, aqui o grupo é visto como "o alternativo do alternativo do alternativo".

Fica uma coisa muito, muito esquisita. Uma "rádio rock" tão metida a decidida como a Rádio Cidade - e ainda assim com um nome idiota para o segmento e um perfil que está mais para uma Jovem Pan FM mais junkie - não consegue decidir se o Smash Mouth é "clássico do rock", "rock alternativo" ou uma "grande novidade" do rock do futuro. E isso tocando a surrada "All Star" como se estivesse para ser lançada oficialmente amanhã.

Nós, que temos capacidade de discernimento das coisas, preferimos dizer que o Smash Mouth é tão hit-parade quanto Shakira, Rihanna e One Direction, e só é considerado "alternativo" porque as pessoas andam provincianas e matutas demais. Sinceramente, os "roqueiros" da Rádio Cidade andaram ouvindo "funk" e "sertanejo universitário" demais. E ainda ouvem, só que isso fica entre nós, certo?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Insensibilidade do carioca tem a ver com o consumismo

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca