Rádio Cidade não decide se Smash Mouth é "clássico", "alternativo" ou "novidade"

A Rádio Cidade é uma rádio muito esquisita. Surgiu como emissora pop das mais bem-sucedidas, cobriu a disco music no auge do sucesso deste gênero e, de uns 20 anos para cá, faz beicinho e acha que pode ser "rádio de rock" sem entender bulhufas do gênero.

Pois essa rádio, que soa como uma espécie de Rádio Disney à beira de um ataque de nervos, tem suas "pérolas", já que ela é tão "especializada" em rock'n'roll quanto o Tiririca é em física nuclear.

Hoje de manhã, a Rádio Cidade dava seu perfil do Smash Mouth dando-lhe o tratamento de uma "grande novidade". Aliás, essa bandinha de poppy punk, que os brasileiros pensam ser mais representativa para o rock do que realmente é (ou melhor, não é) é tratada de uma forma um tanto confusa pela mídia dita "roqueira".

Ás vezes, o Smash Mouth é tratada como um "clássico do rock". Claro, as "rádios rock" - ou melhor, as "Rádio Disney à beira de um ataque de nervos" - têm uma séria preguiça de tocar clássicos do rock. Aliás, preguiça, não. Ignorância. Ora, rádios como essas, tão "especializadas" em rock quanto o Ronaldo Esper é em engenharia espacial, nem sabem direito o que são clássicos do rock. Devem ser aqueles hits que rolavam no seriado Malhação (Rede Globo) há uns dez anos.

Mas em outras vezes o Smash Mouth é tratado como se fosse "alternativo". Claro, o Brasil dificilmente a cultura alternativa tem vez, já que aqui até Bruno & Marrone, Psirico, É O Tchan e Valesca Popozuda são "alternativos". Pouco importa se o Smash Mouth, no seu Estado de origem - a Califórnia - , tem a projeção de um Luan Santana, aqui o grupo é visto como "o alternativo do alternativo do alternativo".

Fica uma coisa muito, muito esquisita. Uma "rádio rock" tão metida a decidida como a Rádio Cidade - e ainda assim com um nome idiota para o segmento e um perfil que está mais para uma Jovem Pan FM mais junkie - não consegue decidir se o Smash Mouth é "clássico do rock", "rock alternativo" ou uma "grande novidade" do rock do futuro. E isso tocando a surrada "All Star" como se estivesse para ser lançada oficialmente amanhã.

Nós, que temos capacidade de discernimento das coisas, preferimos dizer que o Smash Mouth é tão hit-parade quanto Shakira, Rihanna e One Direction, e só é considerado "alternativo" porque as pessoas andam provincianas e matutas demais. Sinceramente, os "roqueiros" da Rádio Cidade andaram ouvindo "funk" e "sertanejo universitário" demais. E ainda ouvem, só que isso fica entre nós, certo?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Prisão de Cunha é etapa de um jogo político