Se depender de Alexandre Sansão, Bossa Nova seria no Castelo

Se dependesse do subsecretário de Planejamento da Prefeitura do Rio de Janeiro, Alexandre Sansão, a Bossa Nova nunca teria acontecido na Zona Sul carioca.

Sabe-se que o movimento, em que pesem várias origens controversas, se fundamentou na parceria de Antônio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes para a peça Orfeu da Conceição, sendo a canção "Se Todos Fossem Iguais a Você" um dos primeiros clássicos bossanovistas.

Tom Jobim nasceu na Tijuca e Vinícius, na Gávea, portanto, seu ponto de encontro nunca deveria ter sido, segundo Alexandre Sansão, o bairro de Ipanema, e sim o do Castelo, isso para não dizer algum boteco da Av. Pres. Vargas. Um gaveano e um tijucano nunca se encontrariam na Zona Sul, pois seu ponto de integração seria no Centro.

Tom não poderia ir direto da Tijuca para Ipanema, sendo obrigado a se situar no Castelo. Ele que se contentasse com os passeios culturais no Palácio Gustavo Capanema, o antigo prédio do Ministério da Educação e Saúde.

Vinícius é que tivesse que ir encontrar o parceiro indo da Gávea para o Centro, e os dois escrevendo clássicos em algum boteco do Castelo ou da Central. Teriam até que mudar o nome de "Garota de Ipanema" para "Garota da Lapa", para condizer melhor à realidade sansônica.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Prisão de Cunha é etapa de um jogo político