Eduardo Paes não quer legalização de churrasquinho de rua

Nem pelo fato do vereador Rafael Aloísio Freitas ser do mesmo partido de Eduardo Paes o convenceu a promulgar um projeto para a legalização e regulamentação dos churrasquinhos de rua na cidade do Rio de Janeiro.

Talvez Rafael não seja da ala autoritária que marca o PMDB carioca e tem até representante na Câmara dos Deputados, lá em Brasília, o famigerado Eduardo Cunha. Em todo caso, ele não conseguiu ver seu projeto de lei aprovado e pretende derrubar o veto do prefeito.

As argumentações de Paes quanto ao veto do Projeto de Lei nº 295/2015, decisão publicada no Diário Oficial do Município, edição lançada ontem, era de que a fiscalização seria mais difícil e havia serio risco à segurança sanitária (leia-se falta de higiene).

Paes acrescentou que já circulam os food trucks - caminhões que vendem comida - e a prefeitura autorizou a circulação de 38 veículos que atendem de forma itinerante a um total de 84 pontos espalhados pela cidade.

Só que não são todos os food trucks que garantem a tal segurança sanitária em 100%. E, além disso, eles vendem comida mais cara. Mas como Eduardo Paes governa para a população...de Barcelona, faz sentido adotar essa medida um tanto elitista. Eduardo Paes é um "coxinha" enrustido. Deve preferir coxinhas vendidas em caminhões de lanches.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Prisão de Cunha é etapa de um jogo político