Eurico Miranda garante "vitória" do Vasco contra Ponte Preta

Cariocas voltaram a esquecer que o Vasco da Gama, ou melhor, o Eurico Miranda FC, é um time de segunda.

Depois de muitas partidas sem vencer e uma semana após ter levado goleada do gaúcho Inter, o Vasco, com desempenho medíocre (normal), "venceu" o time paulista Ponte Preta por um magro placar de um a zero.

Claro, quando o Vascão, ou melhor, o Vasquinho, está na pior, agora Euricão saca sua bolada e o jogador de plantão faz um teatrinho enquanto o goleiro adversário leva um "frango" de presente.

O grande problema é que essa vitorinha mixuruca, que repete os últimos torneios da Série B do Brasileirão de 2014, dá aos vascaínos a ilusão de que é um "time de primeira classe" que voltou a reinar, e a histeria da imprensa esportiva carioca - que trata o futebol como uma religião, nesse Estado do Rio de Janeiro em que se diviniza qualquer porcaria - acaba contribuindo com essa fantasia.

Espera-se que o Vasquinho volte a perder para assim mostrar à opinião pública que continua sendo um time de segunda, o que não seria de todo mal. Afinal, se futebol valesse a pena, cada gol representaria mais cestas básicas para a população carente, o que nunca ocorreu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Prisão de Cunha é etapa de um jogo político