Secretário Rafael Picciani nega relação entre mudança em ônibus e arrastões. Então tá!

Trancado em seu escritório, o secretário municipal de Transportes, Rafael Picciani, tentou nos convencer que a alteração de linhas de ônibus que põe fim à ligação direta entre a Zona Norte e a Zona Sul não tem relação com os arrastões que acontecem na área.

Certo. Rafaelzinho, coitado, anda jogando demais TheSims ou Grand Theft Auto com seu amigo e subsecretário de Planejamento, Alexandre Sansão e eles têm dificuldade de ver a realidade fora da realidade virtual de jogos eletrônicos produzidos por tecnologias Flash e similares. Vamos dar uma chance e mostrar aqui a declaração dele com suas palavras.

"Eu não vejo nenhum vínculo das mudanças no transporte com a questão da criminalidade e, muito menos, que isso fosse algum tipo de represália. É importante entender que essa racionalização é para dar um maior sentido de maior reunificação. O que nós estamos buscando agora é otimizar esse serviço e adequar a frota ao que de fato é necessário. Hoje, não existe mais uma lógica que justifique 64% das linhas se sobreporem", disse o secretário.

Então tá. Se otimizar o sistema de ônibus é o cidadão ir de bairros como Méier até a tumultuada Candelária sentado e ter de viajar em pé no BRT superlotado Centro X Zona Sul, então Rafaelzinho só sabe falar bonito. E ele garante que a linha 474 Jacaré / Jardim de Alah vai ter fim de linha para a Candelária. Prevê-se arrastões na Av. Pres. Vargas e na Praça Pio X. Segurem seus bolsos!

Rafael está tão certo nas suas convicções pessoais que, na próxima vez, possa declarar à imprensa que nunca viu nem conhece o político mineiro Aécio Neves a não ser pelos noticiários de televisão. Ou declarar também que o cara que aparece ao lado do corrupto tucano - ele também está ligado ao esquema investigado pela Operação Lava-Jato e uma série de desvios de dinheiro público, um deles para construir um aeroporto particular em Minas Gerais - não é ele, mas um sósia que havia sido eleitor do tucano.

Quanto aos arrastões, daqui a pouco Rafael também vai afirmar que as mudanças nas linhas de ônibus não têm relação alguma com o adormecimento de Branca de Neve ou com a destruição de duas das três casas dos Três Porquinhos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Prisão de Cunha é etapa de um jogo político