Jogo dos Sete Erros: Jive Bunny


Vamos apontar os sete erros comuns entre os jovens médios e relativos ao Jive Bunny, nome muito tocado nas festinhas nostálgicas do Rio de Janeiro, principalmente as dedicadas aos "anos 80" (qualquer coisa que é antiga é "anos 80", vale lembrar):

1) BANDA DE ROCK NORTE-AMERICANO - O grupo Jive Bunny and The Mastermixes foi, na verdade, um grupo de tecladistas e DJs britânicos que sampleava canções antigas;

2) CLÁSSICO DO ROCK - Não, o sucesso "That's What I Like" não é necessariamente um clássico do rock, porque amontoa várias músicas, algumas, sim, clássicos do rock, mas picotadas em pequenos trechos. Portanto, assim como picadinho não é file mignon...

3) REPERTÓRIO DOS ANOS 60 - De fato, a colagem possui músicas dos anos 1960, mas nem tudo é sessentista: a música mais antiga utilizada, por exemplo, "Razzle Dazzle" de Bill Haley and The Comets, é de 1955. 

4) INTRODUÇÃO À HISTÓRIA DO ROCK - Não, a colagem não serve para introduzir os jovens de hoje para os primórdios do rock'n'roll. O falecido Big Bopper, vítima do mesmo desastre aéreo que matou Richie Valens e Buddy Holly, só aparece com o falsete que dá título à colagem, "That's What I Like", retirada de "Chantilly Lace", sucesso do músico lançado em 1958.

5) "LA BAMBA" COMO "LADO B" - Muita gente imagina que "La Bamba", a gravação dos Los Lobos é lado B do "Jive Bunny". Pior: os jovens de hoje nunca ouviram a versão de Richie Valens e só conhecem a versão de Los Lobos para o famoso filme de 1987 sobre o jovem roqueiro. Pior: Los Lobos tem um repertório autoral consistente, mas é só conhecido pela versão dessa música.

6) ESPÍRITO DE UMA ÉPOCA - Sinceramente, a colagem envolve músicas de diferentes épocas. Vai do sucesso de Bill Haley and The Comets de 1955 até "Hawaii Five-0" dos Ventures que, apesar de ser uma banda do começo dos anos 1960, fez a canção cinematográfica em 1968, ano do auge da onda hippie. Não dá para, em quatro minutos, se lembrar de 13 anos de bailes e festas juvenis.

7) AUTOSSUFICIÊNCIA - Ouvir a música não é suficiente para conhecer os primórdios do rock'n'roll. A colagem é mais um tributo do que uma aula de História do Rock. Melhor se informar das canções que foram sampleadas e garimpar o passado do rock a partir das mesmas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Prisão de Cunha é etapa de um jogo político