´Mais cinco inocentes mortos pela violência policial

Cinco jovens estudantes e trabalhadores foram comemorar suas conquistas animadamente, mas, na volta, foram confundidos com bandidos, mortos sob rajada de tiros e ainda os policiais que os mataram criaram falsos vestígios de que eles "teriam reagido" à ação policial.

Isso foi no último domingo, em Costa Barros, na região que inclui Irajá, Jardim América, Pavuna e Acari. Cinco simpáticos rapazes que só queriam fazer suas vidas honestamente, como cidadãos honrados em busca de qualidade de vida. Os policiais envolvidos foram expulsos da corporação e o chefe deles, exonerado.

As autoridades cariocas "lamentam" o ocorrido, mas elas é que permitiram que se admitisse para o trabalho na Polícia Militar gente despreparada que confunde gente pobre e honesta com bandidos. Não é essa a única violência contra inocentes. Teve até mulher que morreu arrastada por conta de um abuso policial...

Esse é o outro lado do "sonho carioca" e é bom que a "boa sociedade" se acostume, em vez de partir para o refrão "São apenas problemas normais da cidade moderna / Vamos esquecer / Vamos procurar glamour até nos vídeos engraçados do YouTube...", que mais parece disco riscado. O pesadelo carioca está aí para ninguém ficar driblando com vãs fantasias...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Prisão de Cunha é etapa de um jogo político