Água estoura em Ipanema

A água estourou em Ipanema, com o estouro de uma tubulação no trecho da Av. Vieira Souto entre as ruas Maria Quitéria e Joana Angélica.

Por sorte, a tubulação estourou por volta de cinco e meia da manhã de ontem, num dia chuvoso, o que fez com que ninguém tivesse sido surpreendido pelo jato de água nem ferido pelas pedras portuguesas que foram jogadas com o impacto da água.

A poça d'água causou um congestionamento no trânsito que durou boa parte da manhã. Mas nada comparável com o que fizeram as mudanças nas linhas de ônibus para a Zona Sul, que causam congestionamentos ainda mais monstruosos, com a redução de ônibus em circulação que permite o aumento vertiginoso de automóveis nas ruas, favorecidos estes com a sobreposição de comerciais de carros que passam diariamente nas emissoras de TV.

Isso é um problema consequente do saneamento, mas a "boa sociedade" carioca, aquela que acha que até os traseiros das "mulheres-frutas" recuperarão o borogodó perdido dos cariocas, define isso como um lindo espetáculo de um chafariz improvisado.

Para a "boa sociedade", esse jato d'água é apenas uma forma do Rio de Janeiro inventar um chafariz para mostrar a beleza da cidade e alegrar a população. Ah, deve ser uma compensação pelo fato da "taciturna" Ipanema não ter chuveirões tão "imponentes" quanto os que existem na Praia de Rocha Miranda, no Parque Madureira.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Prisão de Cunha é etapa de um jogo político