Rádio Cidade lidera audiência de...lojas de eletrodomésticos!!

A Rádio Cidade, aquela rádio do "rock de verdade" que faz radialismo rock de mentira - desde quando uma rádio de rock autêntica iria investir em locução "Rádio Disney", ainda que em jeitão mais zen, e em bobagens tipo Hora dos Perdidos e Rock Bola, não bastasse ainda o nome bobo de "Cidade"? - , está sendo ouvida por roqueirões da pesada, que aterrorizam a boa população da Barra da Tijuca com suas motos envenenadas e suas jaquetas de couro e pulseiras pontiagudas. certo?

Errado. Fora os flanelinhas náuticos, mauricinhos que se esqueceram de fazer barba ou ginástica e são entre franzinos e gorduchos, ou patricinhas simplesmente de mal com a vida só porque nasceram bonitinhas e desmioladas, e que até pouco tempo atrás gostavam de Zezé di Camargo & Luciano, Valesca Popozuda e Exaltasamba - não lembre eles desse passado, que eles não gostam - , nenhuma viva alma se atreve a chegar perto dos 102,9 mhz ou da URL "radiocidade.fm".

Pois o que se observa é que, se a Rádio Cidade está tendo um "bom desempenho" de audiência, isso se deve à iniciativa de, pasmem, LOJAS DE ELETRODOMÉSTICOS (!). Isso mesmo! As mesmas lojas que até pouco tempo atrás tocavam FM O Dia e tentaram salvar a moribunda Nativa FM carioca (que, rebaixada ao "traço de audiência" de forma pior do que Vasco na Série B, anunciou que sairá do ar na próxima semana) e ainda despejavam Wesley Safadão para os ouvidos de cariocas e fluminenses.

Hoje são elas que puxam a audiência da Rádio Cidade, e se estabelecimentos comerciais passam a ter essa sintonia toda, é sinal que a coisa vai mal.

Afinal, falando sério, sem ironia. Um roqueiro autêntico, que está em busca de "lados B" do rock que ouve, procurando bandas e músicas ainda mais raras para conhecer, se contentará em ouvir uma rádio que só toca os chamados rock hits? Os marmanjões que ouviram Fluminense FM, que escutam Cult FM, que conhecem rádios estrangeiras, nunca iriam aderir a uma rádio boba que só toca "sucessos do rock" e ainda fica se achando.

Além do mais, os aparelhos de eletrodomésticos devem estar felizes, porque na Rádio Cidade o único roqueiro que existe lá é um toca-CD no estúdio da rádio (não se está falando de José Roberto Mahr, porque seu "Zero DB" é uma rádio em outra rádio, ele não pertence à órbita lunática da Cidade), porque até o coordenador da rádio, um tal de Van Damme, não têm qualquer vivência com rock. O mais próximo que ele fez foi tocar os chamados "sertanejos universitários", a única forma do coordenador da Rádio Cidade ver guitarras elétricas em sua vida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Insensibilidade do carioca tem a ver com o consumismo

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca