Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

Roqueiros no Rio de Janeiro contrariam qualidade fundamental do rock

A qualidade mais marcante do rock é a contestação, a revolta, a recusa, o questionamento, o combate, a rejeição. Desde "Rock Around The Clock" passando por hippies e punks e até mesmo quando os Beatles viraram suas carreiras de cabeça para baixo se recusando a se apresentar ao vivo e mudando radicalmente de proposta musical. De Jimi Hendrix a The Clash, de King Crimson a David Bowie, de Beach Boys a Syd Barrett, o verdadeiro rock foi marcado pela contestação e pela resistência.
Mas isso não vale para o Rio de Janeiro. Aqui o segmento rock deixou de lado a qualidade mais essencial do gênero e passou a ser um estilo de pessoas carneirinhas, resignadas, que aceitam de bom grado ouvir as mesmas sessenta musiquinhas que o hit-parade roqueiro libera para ouvir e se conformam com qualquer rádio FM bocó que tente se aventurar "definitivamente" no segmento.
Daí que até agora não há uma ação de questionamento, de resistência, de combate à canastrice eletrônica da Rádio Cida…

Explicando o mito de traição das mulheres

É famoso o mito de que as mulheres cariocas costumam ser infiéis aos seus maridos. E pude comprovar isso pessoalmente. Estranhamente uma ex-colega de adolescência que nunca deu bola para mim e que é casada (e continua casada), além de ter filhos, manifestou interesse por mim ao me encontrar em uma rede social. Como não estou para Ricardão, recusei. Até porque mulher eu já tenho, sou fiel, ela é fiel (não é Maria vai com as outras, nem pistoleira e muito menos periguete) e estamos bem em nosso relacionamento aqui no Rio de Janeiro, capital. 
Na Bahia, terra de amigos nossos, quem tem fama de infiéis, são os homens e as mulheres, quando traem e são descobertas, costumam ser assassinadas pelos maridos sob a esfarrapada desculpa de "limpeza da honra". Que tipo de honra existe em matar alguém? Mas vamos ao Rio de Janeiro, foco deste blog.
Para entender o que acontece no Rio de Janeiro, e bom lembrar que a sociedade carioca transformou o futebol em uma obrigação social. No Rio de…

Chloe Moretz, Chance The Rapper e o vício de fumar

O Rio de Janeiro é uma das cidades brasileiras com o maior número de fumantes. Embora claramente nocivo e com número muito grande de ingredientes tóxicos, o cigarro ainda é associado a estereótipos de elevação social que faz com que muita gente continue fumando. 
E nem adianta morrerem pessoas por causa do vício (entre o final de 2015 e o início de 2016 morreram muitos consumidores tradicionais de cigarro - mesmo não sendo de doenças ligadas ao vicio, estavam fisicamente enfraquecidos pelo habito de fumar), pois o estigma positivo associado ao habito de fumar reforça a ilusão do "comigo isso não vai acontecer". Muita gente com pulmão apodrecido e nem sabe.
E as celebridades que fumam acabam sendo uma propaganda e tanto para o hábito, para a a alegria das indústrias de cigarro. Curioso como existam indústrias especializadas em vender a morte, mesmo em doses homeopáticas. Indústrias protegidas pela lei e pelo senso comum da opinião pública.
E infelizmente ainda são muitos os …

Administradores do BRT liberaram roleta que causou choque elétrico em garoto

Não foi por falta de aviso que uma roleta do BRT causou uma grande descarga elétrica que deixou o menino Kaíque Diego de Araújo Cardoso, de apenas quatro anos, em coma.
Funcionários já alertaram para os administradores e os seguranças do consórcio BRT que uma das roletas estava com defeito, causando choque elétrico. Apesar do aviso, os administradores não fecharam o acesso à roleta.
Foi na estação do Mercadão de Madureira. Kaíque e sua família estavam embarcando na estação, para pegar um ônibus BRT, quando o menino, ao passar pela roleta, levou um choque elétrico e depois foi internado em estado grave no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, onde entrou em coma. Segundo o jornal O Dia, o menino já saiu desta condição.
Um guarda chegou a dizer que "foi um choquezinho". A família vai processar o consórcio BRT. A Estação Mercadão, como é conhecida, foi fechada para investigar as causas da falha na roleta. Passageiros que usavam a estação foram avisados para usar as estações…

Linha de bonde reinaugura e depois enguiça

Depois de 50 anos desativada, a linha de bonde que liga a Rua Francisco Muratori, na Lapa, aos largos do Curvelo e de Guimarães, em Santa Teresa, foi reinaugurada. Mas mal começou a primeira viagem nesta nova fase, o bonde enguiçou. 
Tanto tempo para refazer os ajustes técnicos, que poderiam ser aproveitados quando o próprio sistema passava por uma recuperação, depois de um trágico acidente que matou cinco pessoas, e esse transtorno poderia ter sido evitado. 
Mas é assim que age o Rio de Janeiro, desgovernado e provinciano. O problema é que, fora alguns cariocas corajosos, como os que fizeram protesto em Santa Teresa, a maioria ainda insiste em viver no mundo da lua das curtidas e dos vídeos e memes divertidos no WhastApp.

Catástrofe! WhatsApp tem queda durante a madrugada!

O mundo caiu. Os cariocas ficaram em pânico. O Apocalipse havia chegado, a crise que acontecia no Rio de Janeiro era o prenúncio do Fim do Mundo.
Isso porque o WhatsApp, famoso aplicativo de smartphone, teve uma queda na madrugada de hoje, deixando a "boa sociedade" traumatizada.
Era a única forma da "boa sociedade" carioca acreditar que o Rio de Janeiro continua vivendo seus "anos dourados", através de videocassetadas, selfies, vídeos de jogos com os quatro maiores times cariocas, um pouco de falso samba ("pagode romântico"), falsa rádio de rock (Rádio Cidade) e o "funk carioca" que sabemos nunca ter vínculo real com o funk autêntico de James Brown e companhia.
Estas coisas são os momentos felizes que a "boa sociedade" carioca tanto vivia. Era a razão de viver dessas pessoas que passam 3/4 de suas vidas no smartphone. Agora parece que o WhatsApp voltou, mas a queda de madrugada foi uma catástrofe, deixou a "gente bonit…

Viação Algarve encerra as atividades amanhã

Não, não é a empresa desta garagem! Está é da Viação Andorinha, que já está extinta. Agora, com a pintura padronizada que aborrece os passageiros no Rio de Janeiro, empresas mudam de nome, são extintas, trocam de linhas, sem que o povo saiba.
Não fosse o jornal O Dia, que com todo o instinto chapa branca de "apenas" criticar o governo Eduardo Paes no que "deveria ser criticado", ninguém saberia que a Viação Algarve será mais uma empresa a ser extinta.
Afinal, tudo ficou igual no Consórcio Santa Cruz que serve a Zona Oeste. Bangu, Pégaso, Jabour, Palmares, Recreio, tudo é igual, deixando os passageiros pirados e dobrando as atenções para não pegar um ônibus errado e ir para Sepetiba quando o desejo era ir para Senador Camará.
Mas as autoridades não estão aí e o que elas querem é fazer apenas outdoor político, com esses ônibus iguaizinhos que só refletem a imagem da prefeitura, em detrimento do interesse público e da mobilidade urbana.

Inverno no verão carioca pode ser ensaio para o pior

Se a situação de poluição ambiental, gases poluentes e intensa presença de fumantes continuar no Rio de Janeiro, o que causa um desequilíbrio meteorológico que já traz muitas trovoadas e bagunça o clima, a tempestade que atinge os EUA nos últimos dias pode vir para cá.
Tivemos dias de inverno com calor insuportável de verão, com sensações climáticas superiores a 40 graus. E, dias atrás, tivemos dias de inverno em pleno verão, com muita chuva e muito frio.
Portanto, como tudo pode acontecer nesse Estado alucinado, pode ser que venham neves intensas para atingir o verão carioca, se os fatores que influem para esse meio-ambiente bagunçado continuarem avançando.

Crise financeira faz obras do Museu da Imagem e do Som pararem

Devido à séria crise que atinge as finanças públicas do Rio de Janeiro - apesar de muitos de seus governantes nadarem em dinheiro em suas vidas pessoais (só o secretário municipal de Transportes, Rafael Picciani, membro de uma rica família de políticos e latifundiários, tem um patrimônio de quase 10 milhões de reais) - , as obras de um importantíssimo espaço cultural estão paralisadas há cerca de três meses.
O novo prédio do Museu da Imagem e do Som, que antes pertencia à boate Help (que fez história nas noites cariocas), está com 70% de suas obras prontas, mas a etapa restante, de acabamento, está parada por falta de recursos.
O governador fluminense Luiz Fernando Pezão está estudando uma nova licitação para a conclusão das obras, vendo que não há dinheiro para tocar as obras em frente. Afinal, as autoridades cariocas precisam ter dinheiro para viajar para Miami ou Barcelona, e ficarem por lá se caso a crise sócio-política se tornar uma ameaça às suas vidas, devido a uma futura revo…

Dança nas cadeiras cariocas: Aliado de Eduardo Paes pode virar tucano

Dança nas cadeiras do PMDB carioca. Não bastasse o rompimento do grupo de Eduardo Paes e Luiz Fernando Pezão com o deputado Eduardo Cunha, e a adesão tendenciosa da famiglia Picciani ao governo Dilma - claro, é a "mesada" para evitar que a "pobre família" arque com os prejuízos nos cofres públicos cariocas - , agora é Carlos Roberto Osório, até segunda ordem secretário estadual de Transportes, que pode sair do PMDB.
Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, ex-governador mineiro e visitante constante do Rio de Janeiro, está com as relações estremecidas com o prefeito carioca Eduardo Paes. Mesmo assim, não querendo ter o inexpressivo Índio da Costa para ser candidato à prefeitura do Rio, Aécio convidou Carlos Roberto Osório para migrar para o PSDB e disputar o cargo.
Carlos Roberto Osório é ligado a dirigentes esportivos e ao Comitê Olímpico Brasileiro - cujo presidente Carlos Arthur Nuzman é odiado tanto por ser "cartola" como por ser marido da estontean…

Reajuste "animal": Ingresso para Zoológico do Rio custará o dobro

A Prefeitura do Rio de Janeiro quer entregar a administração do Jardim Zoológico municipal, situado na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, a uma empresa particular, que controlará o local nos próximos 35 anos.
Com isso, serão investidos R$ 66 milhões até 2018 só para a recuperação da estrutura do local e a adequação a muitas exigências técnicas determinadas pelo Ibama.
Isso influirá no aumento dos custos e fará com que o ingresso praticamente dobrasse para R$ 8 para cerca de R$ 15. Será um reajuste "animal".
Mas isso não incomoda muito a "boa sociedade" carioca, uma vez que ela já se satisfaz em ver toda a fauna em vídeos "divertidos" no WhatsApp, como hilárias transas entre hipopótamos ou gansos beliscando bois em um pasto.

Supermercado Carrefour, no Norte Shopping, deixa gás vazar

A filial do supermercado Carrefour, do Norte Shopping, em Del Castilho, deu um grave susto nos fregueses que frequentam o local, devido a um forte cheiro de gás.
O estabelecimento teve que ser fechado e, até o fim da tarde de hoje, ele não foi reaberto. Segundo representantes do Norte Shopping, o vazamento só atingiu o mercado, não impedindo o funcionamento das demais lojas.
No entanto, observa-se o seguinte. A mentalidade dos mercados no Rio de Janeiro é desleixada e imprudente. De vez em quando tem-se isso: vazamento de gás, queda de energia, e, mais frequentemente, a falta de muitos produtos. 
É essa a logística administrativa dos mercados fluminenses, que deixam o problema acontecer para depois agir. Não há uma mentalidade preventiva, que possa dar funcionalidade, conforto e segurança. Tem que acontecer incidentes assim, que felizmente não deixaram vítimas mas poderiam causar uma tragédia, para que os administradores tenham alguma ação.

A apenas meio ano das Olimpíadas, Engenhão segue sem iluminação

O Engenhão, complexo de lazer esportivo criado para a população da Zona norte do Rio de Janeiro, está revisto como palco de várias modalidades esportivas nos Jogos Olímpicos de 2016. Futebol e varias modalidades de atletismo estão entre as atividades que acontecerão no estádio no meio do ano.
Só que por falta de pagamento, obras e uma confusão que resultou numa troca mútua de responsabilidades (um passa para o outro a responsabilidade corrigir algum erro) o estádio segue sem iluminação e com as obras em ritmo lento. Os problemas seguem sem explicação, mas vem trazendo preocupação aos moradores locais.
E não apenas por causa das Olimpíadas. Criada como principal área de lazer em uma região carente desse tipo de diversão, o Engenhão, ao seguir sem iluminação representa o risco de assaltos e violência nos entornos do estádio. Moradores que tem o habito de correr ao redor do estádio reclamam que a falta de luminosidade no começo da manhã e o final da tarde tem exposto os moradores a este…

Ibama interdita Zoológico da Quinta da Boa Vista, na Zona Norte do Rio

O IBAMA aplicou multa diária à Secretaria Municipal do Meio Ambiente, no valor de R$ 1 mil cada, por causa de irregularidades observadas no Zoológico Municipal do Rio de Janeiro, situado na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, nos entornos situados entre a Av. Francisco Bicalho e o Maracanã.
Foram observadas a falta de estrutura de funcionários para educar os visitantes, a precária manutenção de suas instalações e a falta de tratamento e alimentação adequados aos animais. Foram observados ferimentos em alguns animais que vivem no local.
Com isso, é mais dinheiro que os governantes cariocas vão ter que pagar. E é uma prova de como a turma de Eduardo Paes e Luiz Fernando Pezão são "mui amigas" de Dilma Rousseff. Até a famiglia Picciani, que havia feito campanha para Aécio Neves, andou a "apoiar" Dilma visando a grana das verbas federais. É fácil eles elogiarem a presidenta, quando querem que ela pague as contas estaduais dos cofres públicos fluminenses e as autori…

Secretário de Transportes quer limitar uso de metrô e BRT para turistas durante Olimpíadas

A Secretaria de Transportes da Prefeitura do Rio de Janeiro, na pessoa de Rafael Picciani, que não é Maurício mas pode ser chamado de mauricinho, decidiu que os transportes de BRT e Metrô, com destino aos locais de provas das Olimpíadas Rio 2016, só serão voltados aos frequentadores dos jogos. 
Moradores dos bairros desses lugares não podem pegar esses transportes, que exigirão um cartão especial de "cliente olímpico" a ser concedido para quem tiver comprado ingressos para assistir aos eventos olímpicos.
A população anda reclamando muito. Mas a "boa sociedade" não está aí, embora ela também esteja proibida de usar automóveis, que serão vetados a vários locais dos jogos olímpicos. E isso apesar da sobreposição de comerciais de automóveis na televisão, que faz com que cada vez mais pessoas comprem automóveis e provoquem congestionamentos ainda mais demorados.
O jeito é a "boa sociedade" esperar que videocassetadas olímpicas sejam publicadas no seu WhatsApp…

Recordar é viver: coordenador da "roqueira" Rádio Cidade era astro de FM popularesca

Eu quero tchu, eu quero tchá! Certas coisas no Rio de Janeiro são muito, muito gozadas. A Rádio Cidade, que renega seu passado mas mantém o nome, vai completar 40 anos com uma proposta (muito mal trabalhada, por sinal) diferente da original.
Não bastasse isso, a emissora levanta a bandeira do "rock de verdade" com uma equipe sem qualquer especialização no rock. Ou seja, para que levar a sério uma rádio "do rock de verdade" que não tem gente verdadeiramente envolvida no rock?
Só para se ter uma ideia, o coordenador é um tal de Van Damme. Não, não é o ator belga Jean-Claude Van Damme, mas um radialista que ganhou esse apelido. Na foto do alto, é o que aparece com a camisa pólo vermelha.
Pois o cara é o mesmo que havia sido astro da popularesca Beat 98, hoje extinta, e o cara não tem qualquer especialização no rock, sendo mais um desses "aventureiros" que são pejorativamente chamados, nos bastidores do rádio, de "profissionais do rock". Até parece…

Duas tragédias aconteceram na última sexta na Zona Norte

Duas tragédias aconteceram na última sexta-feira, na Zona Norte do Rio de Janeiro.
Na manhã, um grupo de traficantes fazia um arrastão na Av. Brasil, na altura da Penha, quando entraram em confronto com um grupo rival e, na troca de tiros, uma bala atingiu o passageiro José Carlos B. Santos, de 51 anos, que faleceu no local.
Ele estava sentado num dos bancos do ônibus da linha 483 (Penha / Copacabana), da empresa... empresa... empresa mesmo? Ah, deixa para lá. Deve ser Matias, porque é Marcopolo Torino 2014. Deve ser. Ou seria Caprichosa?
Já na noite, foi a vez do médico Hélder Dias da Costa Tomé Jr. ser assassinado depois de sair da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde trabalhava, após ser rendido por dois ladrões. Foi numa rua do Irajá. O médico foi morto sem ter reagido, segundo testemunhas.
A boa notícia é que a "boa sociedade" carioca, que não admite que o Rio de Janeiro (Estado e capital) vivem uma catastrófica crise, está sã e salva isolada no seu WhatsApp, se d…

Incêndio atingiu parte externa de Parque Olímpico

Não, cara "boa sociedade" carioca. Não se trata de um churrasco de meio de semana que a "galera irada" foi fazer diante do Centro de Tênis do Parque Olímpico da Barra, mas um incêndio que, por sorte, não atingiu o interior do lugar.
O fogo, que chegou a produzir uma fumaça de 10 metros, ocorreu depois que vários operários de um consórcio fizeram um protesto depois que, em dezembro passado, foram demitidos, sem receber salários atrasados (sem falar do mês posterior a que têm direito, por lei) nem outros encargos.
Há suspeitas de que o incêndio, iniciado num contêiner, teria sido provocado por um dos manifestantes. A polícia está investigando o caso. Uma pessoa foi detida. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil do Rio de Janeiro, cerca de 300 funcionários foram demitidos sem receber qualquer tipo de remuneração devida.
Portanto, isso não é uma videocassetada nem uma festa de churrasco. Lamentamos a "boa sociedade" carioca, que se irrita …

Existem duas rádios no dial FM do RJ

Existem duas emissoras no dial de rádio FM no ar no Rio de Janeiro.
Uma só toca sucessos das paradas - hit-parade,  "listão", "sucessão", "as mais mais", "top isso" tá ligado? - , seus locutores engraçadinhos vieram da Jovem Pan Rio, boa parte de seus programas são de besteirol ou de debates idiotas com temas mais idiotas ainda, e os programas de humor são considerados arroz-de-festa até por colunistas de rádio na Internet. E ainda trata o público ouvinte como se fosse um bando de débeis-mentais.
A outra rádio é a Mix FM.

Pezão culpa pintor Antônio Parreiras pela crise no Estado do RJ

O grupo político do PMDB carioca é uma piada. Se a turma de Eduardo Paes resolveu dar seu "Fora Dilma" à sua maneira, "apoiando" a presidenta para assim fazer a opinião pública sentir mais raiva pela petista, agora é a vez de Luiz Fernando Pezão renegar a culpa do próprio grupo político pela crise vivida pelo Estado.
Ele culpou o quadro de Antônio Parreiras, "Alegoria da morte de Estácio de Sá", de 1911, pelo azar que sofre a política no Estado, e decidiu retirar a pintura da sede do governo estadual, sendo transferida para um outro lugar. A informação foi dada pelo jornal Extra.
A informação foi dada pelo compositor Jorge Ben Jor, que compôs o jingle de campanha de Pezão, e, ainda que estranhado com a hipótese, aconselhou o governador fluminense a retirar a pintura, se ela o incomodava muito.
Um detalhe a mais pode também ser constatado: Antônio Parreiras era um pintor de Niterói. Há cerca de quatro décadas, a cidade vizinha ao Rio de Janeiro era a capi…

Deturpação "espírita" segue forte no Rio de Janeiro, apesar das incansáveis lutas em defesa da coerência

No Brasil, o que as pessoas conhecem como "Espiritismo" nada tem a ver com a doutrina original fundada por Allan Kardec. É na verdade um engodo ecumênico majoritariamente católico que acredita na reencarnação, mas sem utilizar análises e estudo sérios para elaborar seus dogmas, estes surgidos da mesma fé cega que se tornou base de quase todas as religiões.
O "Espiritismo" brasileiro, apesar das insistentes bajulações a Kardec, foi totalmente consagrado através de Chico Xavier, católico como os dissidentes que fundaram a FEB, instituição que supostamente representa a doutrina no país, embora defendesse o imenso repertório de deturpações, contradições e equívocos. Com a diferença que Xavier nunca deixou de ser católico, exigindo tempo livre para rezar o terço e cultuar sua santa, a Nossa Senhora de Abadia. Ambos rituais reprovados pela Doutrina Espírita original, mas aprovados pela sua versão deturpada. 
O Rio de Janeiro, como parte do Brasil, cultua a versão deturp…

Ônibus municipais do Rio de Janeiro estão com tarifa mais cara

A vida dos cariocas ficará mais difícil, já que estão previstos aumentos nas tarifas dos transportes que não serão compensados pelo aumento do salário mínimo.
Só as passagens de ônibus municipais na ex-Cidade Maravilhosa passarão a custar de R$ 3,40 para R$ 3,80. O consolo é que você pode dar para o motorista-cobrador duas notas de R$ 2 e receber duas moedas de R$ 0,10 de troco.
A gente fica até imaginando se esse aumento das tarifas municipais do RJ servirão para pagar a tinta dos ônibus padronizados, o ar condicionado que pifa ou dá goteira ou se será para indenizações trabalhistas das centenas de cobradores que foram para o olho da rua graças à "maravilhosa" dupla função do motorista-cobrador.
As barcas e os trens terão tarifas aumentadas, assim como os táxis e ônibus intermunicipais. Os aumentos acontecerão este mês e no próximo mês, "aos poucos" para não "assustar a criançada". Desde que, pelo menos, três dos quatro times cariocas estejam em boa con…