Dá para perceber por que o pessoal da Rádio Cidade odeia The Who

Já dá mesmo para perceber por que os ouvintes e os radialistas da Rádio Cidade odeiam tanto o The Who, apesar da emissora vir com esse papo de "rock de verdade" e desprezar logo uma das seminais bandas do gênero.

Note as iniciais do principal compositor e guitarrista da banda britânica: Pete Townshend. PT. As mesmas iniciais do Partido dos Trabalhadores.

Isso sem falar que as iniciais do vocalista Roger Daltrey, RD, são as iniciais, em ordem invertida, das da presidenta Dilma Rousseff, DR.

A Rádio Cidade já tem um histórico de ser reduto da juventude de extrema-direita, dessas de fazer o roqueiro Lobão parecer Chapeuzinho Vermelho (a propósito, ela era comunista?). 

Os caras odiavam ler livros, detestavam cinema de arte, queriam o fechamento do Congresso Nacional, faziam trolagem, e achavam que só aquilo que eles ouviam e acham que é "rock" (de preferência poser, poppy punk e nu metal, além de Mamonas Assassinas e Charlie Brown Jr.) é que presta.

O desprezo da Rádio Cidade ao Who é tanto que, quando, numa gravação ao vivo do U2, transmitida pela emissora, a banda irlandesa tocou "Won't Get Fooled Again", o locutor engraçadinho - espécie de Emílio Surita à beira de um ataque de nervos (hoje os locutores poperó tomaram calmante e agora falam calminho) - anunciou a música como se fosse mais uma da lavra de Bono e companhia.

Isso sem falar do fato de que a Rádio Cidade sempre tratou a versão do Limp Biskit para "Behind Blue Eyes" como se fosse do repertório da banda de Fred Durst.

Esta é a forma que a rádio do "rock de verdade" trata uma das maiores bandas da História do Rock. Dá para levar essa emissora a sério?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Insensibilidade do carioca tem a ver com o consumismo

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca