Editoras pretendem lançar mais livros de Minecraft

Visando fugir da crise - leia-se evitar que pessoas busquem mais conhecimento e sejam mais questionadoras - , o mercado literário promete aumentar a quantidade de livros de ficções sobre Minecraft para a petizada, principalmente a de nível universitário que participa do projeto educacional "Pagou, passou" e fica ouvindo "sertanejo universitário" e "funk".

A finalidade é transformar os livros em jogos eletrônicos, de forma a chamar a atenção daqueles que só ficam brincando com o WhatsApp e veem coisas "importantes" como um ganso mordendo o focinho de um cavalo ou um gato dando piruetas pela casa.

As editoras já estão pensando em, se a experiência for bem sucedida, em criar livros para colorir de Minecraft para colorir, com estudantes vampiros, auto-ajuda de padres aeróbicos e enredo da Segunda Guerra Mundial, juntando todos os ingredientes de best sellers de uma vez para ver se atinge mais públicos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rádio que pensa ser roqueira "consola" órfãos da Kiss FM por TEMPO LIMITADO

A hipocrisia de Gisele Bundchen

Rafael Picciani junto a Eduardo Cunha e Aécio Neves