New York Times critica biscoitos Globo

O repórter estadunidense David Segal, do New York Times, fez comentários nada generosos sobre a marca de biscoitos Globo.

"Ar transformado em bolacha, em forma de anel", "sem gosto e sem graça, como a culinária carioca", "símbolo perfeito do Rio – uma cidade em que o cenário de restaurantes é 'meh'" (meh, em inglês, é algo como "meia-boca"), foram alguns comentários publicados.

Que a culinária carioca precisa de uma mexida, isso é verdade. Mas os Biscoitos Globo nem são tão ruins assim, muito pelo contrário, são simpáticos biscoitos polvilho, salgados e amanteigados e têm mais de 60 anos de tradição. 

Há coisas boas no Rio de Janeiro, mas temos que convir que os cariocas ainda não produziram um pão de milho como os baianos, brioches grandes ou pães do tamanho dos de hambúrguer, só que feitos com milho. No RJ, os pães de milho são pequenos e caríssimos pães duros, sem maciez, nos quais o panificador está mais preocupado em colocar erva doce em cima, mas cujo resultado fica ruim. E ainda tem marcas de farinha que mais parecem areia comestível.

Que muita coisa no RJ tem que ser duramente criticada, isso é verdade. Mas a imprensa dos EUA foi muito dura com os Biscoitos Globo, que estão até entre as coisas positivas que ainda se tem na região metropolitana da ex-Cidade Maravilhosa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espírito de Equipe

Comemoração por futebol em dia de Golpe mostra infantilidade do povo carioca

Insensibilidade do carioca tem a ver com o consumismo