Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2018

O fraco esquerdismo do Rio de Janeiro

Imagem
Embora esquerdistas de todo o país ingenuamente pensem que o Rio de Janeiro é o estado mais progressista do país, baseando no mito consagrado do "bom malandro" (estereótipo que transmite valores ligados à alegria e à modernidade), nota-se um conservadorismo doentio que fortalece a direita local e enfraquece a esquerda carioca, já tradicionalmente fraca.
O Rio de Janeiro há muitos anos tem sido um laboratório de uma nova forma de coronelismo. Tirando Brizola, que para a equipe deste blog é o maior esquerdista do Brasil, o estado sempre esteve refém de neo-coronéis que sempre procuravam mergulhar o estado em um conservadorismo retrógrado. 
Algo que deu muito certo, pois apesar da fama de "moderno" e "inteligente", que faz com que cariocas sejam o povo mais culturalmente influente em todo o Brasil, cariocas são muito conservadores, extremamente fiéis com as suas tradições, padronizados nos costumes e avessos (até fóbicos) a grandes transformações.
Tentativa …

Porque cariocas obrigam as pessoas a gostar de futebol

Imagem
Um membro de nossa equipe estava assistindo um documentário onde o apresentador visitava um povoado no deserto do Saara e foi convidado pelo anfitrião a comer um testículo de camelo recém-morto. O apresentador, um biólogo ex-militar, ficou meio enojado, mas tentando ser gentil, topou a estranha degustação. Comeu, mas vomitou depois, longe dos olhos do anfitrião. mesmo assim pediu desculpas, argumentando que não estava acostumado aquele tipo de alimento.
Hoje de manhã, nosso amigo contou o que viu e comparou ao fato dos cariocas obrigarem quase todo mundo a gostar de futebol. No mínimo você tem que ter um time na carteira de identidade. De preferência um dos quatro "fantásticos" (Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo). Torcer por outro time (por exemplo o América e o Bangú) não bale, embora seja usado frequentemente por quem não curte futebol, pois o risco de ser desmascarado como falso torcedor é menor.
Nossa equipe gosta de assumir que não curte futebol. Mas quando isso n…

Pesquisa indica que 72% dos cariocas querem prorrogar intervenção

Imagem
OBS: Cariocas tem  índole agressiva. Já falamos disso várias vezes. Não é a toa que Bolsonaro lidera com folga no Rio de Janeiro. Os cariocas aprenderam que qualquer problema se resolve punindo, agredindo ou até matando as outras pessoas. Triste fim para um estado ainda considerado o mais culturalmente influente de todo o país. O texto abaixo mostra isso.
Pesquisa indica que 72% dos cariocas querem prorrogar intervenção ​​  Agência Brasil - Publicado no Diário do Centro do Mundo
Cerca de 72% dos moradores do estado do Rio de Janeiro apoiam uma possível continuidade da intervenção federal na segurança pública, prevista para ser encerrada em 31 de dezembro deste ano. Pesquisa do Instituto Datafolha mostra que 21% dos entrevistados são contra a manutenção da intervenção em 2019, 4% se declararam indiferentes e 4% não sabiam responder.
A pesquisa foi realizada entre 4 e 6 de setembro e entrevistou 1.357 pessoas com 16 anos ou mais. A margem de erro é de três pontos percentuais.
O levantame…